sábado, julho 05, 2008

Lembram-se do Louçã dizer ao Paulo Portas para não falar de aborto porque nunca tinha sido pai?
O Valter Lemos está a fazer o mesmo, mas ainda não percebi a lógica.
Valter Lemos não reconhece competência à Sociedade Portuguesa de Matemática e não aceita críticas relacionadas com os exames.
Estes dirigentes (como outros tantos) trocam autoridade com autoritarismo, liderança com idiotice, educação com totobola, e esforço com direito assistido.
Ninguém pode abrir a boca para avaliar negativamente os exames. Nem os professores, nem os alunos, ainda não percebi foi a lógica.
Quer dizer, perceber percebi, mas valerá de tanto só para subir uns degraus no ranking?

Sem comentários: