quarta-feira, dezembro 08, 2004

O Poder da Ignorância

Esta eu tenho de contar.
Acho que mostra um pouco o mundo em que vivemos.
O meu irmão passa algumas noites em casa dum primo (o Moisés) a jogar ProEvolution Soccer4 até às tantas.
Estavam eles e mais dois e começaram a falar disto e daquilo. Pergunta do Moisés: - Osvaldo, se fosses um mamífero que mamífero gostavas de ser?
- Um golfinho.

Pronto, estiveram três energúmenos a gozar com o único inteligente porque segundo eles golfinho não é mamífero. Nota: gozar é mesmo gozar, até levar uma pessoa à exaustão.

No dia seguinte o meu irmão querendo fazer-se de inteligente vira-se para a namorada e diz: - Queres saber o que o estúpido do Osvaldo disse?...........................................é um golfinho!

E pronto, foi a vez dela e de mim gozar com a ignorância rasa dele e do meu primo.

Moral da história? Há tantos, mas mostra bem que a maioria nem sempre tem razão, e muitas vezes usa a ignorância duma forma nojenta.

2 comentários:

Renata disse...

Em primeiro lugar gostaria saudar os meus primos com um "abraço do tamanho do Brasil".

A questão que se coloca aqui não é tanto a "ignorância" de quem é mamifero ou não,mas,o tempo,que os meus queridos primos e afilhado passa a jogar "video game",...,bem,voçês podem agora argumentar que existe coisas piores e na verdade existe,porém,cada um é, temporáriamente aquilo que tem que ser, isto é , não existe DNA iguais nem ALMAS...

Sou vosso fã. Daniel Silva, Teresópolis, Rio de Janeiro.

Anónimo disse...

DostoievskiAproveitando a minha disponibilidade e o reconhecimento que o meu primo Tiagão é sem dúvida um cara super esclarecido...,que eu tive a honra de carregar com ele ás cavalitas,e que tenho agora um momnto de raro descortinamento, digo, que , Dostoievski não serve,pela a afirmação do tìtulo do bloog..., eis a mihha proposta:As pessoas menos significantes são sempre as de maior importância è devido a elas que normalmente aprendemos algo relevante para os dias de hoje .Te amo Tiago.

Daniel Silva