quinta-feira, dezembro 08, 2005

Uma vez contaram-me uma anedota: "Era uma vez uma laranja".
Esperei pelo resto. Ainda hoje não sei o que deu à pessoa para compartilhar aquela "piada" comigo. Na verdade, ainda hoje não consigo encontrar piada, sobre nenhum prisma, àquela frase.
Há relacionamentos frágeis que desabam sem o mínimo aviso.
Era uma vez uma laranja.........

3 comentários:

Anónimo disse...

Não sabes "o que deu há pessoa"?E o que é que o verbo haver tem a ver com a pessoa?

MM disse...

Correcção: Foi "Hoje comi uma Laranja", que eu estava lá e ouvi! Foi o principio do fim, isso e os presépios! :0P

frog disse...

Melhor só mesmo: "Posso tocar?" com a correspondente resposta "Aonde?". Os sentimentos que pode despertar um bilhete para a bola...