segunda-feira, dezembro 04, 2006

Vendo casas, do verbo ver e não vender

Ou melhor, andamos. Depois de namorarmos há mais de 6 anos, está na altura de procurar um local para vivermos, dentro de algum tempo, em conjunto.
No Sábado vimos mais de 8. Não me sinto à vontade em entrar em casas de pessoas que não conhecemos, com os, ainda, habitantes e donos, lá dentro enquanto passeamos pelas divisões, procurando ver se a casa nos agrada, o tamanho de cada assoalhada, o estado, etc.
Vimos uma, em especial, que agradou a ambos. O prédio já tem alguns anos, é uma torre de 12 ou 13 andares, coisa rara no concelho do Seixal, mas a casa convenceu-nos. Era aquilo que ambicionávamos, aquilo que andávamos à procura. A ver vamos…
Agora, precisamos de indagar sobre o bairro, sobre o prédio, ver se descobrimos alguma coisa sobre os vizinhos, se são barulhentos ou não.
O sonho está perto, vamos a ver se se concretiza ou não.

5 comentários:

Kella disse...

Torres? No Seixal? Só se for lá para P.Pires, Medideira ou Torre, não?Boa sorte!

Kella disse...

Ok, percebi. Se são nesse sítio que disseste acho que sei quais são pois uma colega minha viveu lá. Cuidado é com a vizinhança...aquilo é só alunos meus... (e é um bocado barulhento)!!!

Kella disse...

Quanto ao Alentejo...se as coisas forem mesmo para a frente começaremos a visitar os Loneys no Algarve!!!Adeua Milfontes, Cercal e S. luís!

zarah disse...

:)

Anónimo disse...

Querem comprar a minha??
Está à venda.
Baratinha, baratinha.
E também é ESPECTACULAR, sim??